Daniel João Nunes Vieira

Curriculum Musical

 

Daniel João Nunes Vieira nasceu na Pampilhosa no dia 29 de abril de 1976. A sua carreira artística teve uma importante influência do seu Avô materno, João Nunes.

João Nunes (1910-2000) era natural de Góis, tendo vindo, bastante novo, trabalhar para a Pampilhosa, onde casou, terminando a sua vida ativa na Estação dos Caminhos-de-ferro. Os seus filhos foram também músicos na banda, pois esteve durante muitos anos ligado ao associativismo na filarmónica da terra, como elemento da Direção e porta-estandarte. Nunca aprendeu música, mas a sua influência perante os filhos e alguns dos netos foi bastante profícua.

Daniel Vieira iniciou os seus estudos musicais básicos em 1984 com o Maestro Joaquim Simões Pleno e, mais tarde, após uma interrupção nos estudos, com o Maestro Manuel Lindo Pleno. Ingressou na Escola de Música da Filarmónica Pampilhosense em 1990. O seu instrumento de eleição foi o saxofone tenor.

Em 1995, a convite do Maestro titular, Manuel Pleno, entra para o grupo de monitores da Escola de Música da Filarmónica Pampilhosense, sendo o coordenador da mesma desde 2006.

Licenciado em Educação Musical na Escola Superior de Educação de Coimbra, teve como professores o Maestro Virgílio Caseiro (Direção Coral e Instrumental), Rui Ferreira (DCI/Análise e Técnica de Composição) e César Nogueira (Formação Musical), entre outros, tendo realizado a Prática Pedagógica Supervisionada na Escola EB1 de Santa Apolónia, Coimbra (1.º ciclo do Ensino Básico), Escola EB 2,3 de Martim de Freitas, Coimbra (2.º ciclo) e na Escola EB 2,3 Dr. João de Barros, Figueira da Foz (3.º ciclo).

Ajudou a formar alguns projetos dentro do seio da Filarmónica Pampilhosense, tais como a Orquestra Juvenil da FP (1998), a OLPA big band (Orquestra Ligeira da FP) (2005), o grupo de dixie, The Dixie Kool Gang (2009) e a Universitários de Coimbra Band (UCBand) (2010).

Com vista à sua formação a nível de direção de orquestra de sopros, tem participado pontualmente em ações de formação organizadas por várias entidades, tendo já trabalhado com os Maestros: Valdemar Sequeira, António Saiote, Eugene Migliaro Corporon, André Granjo, Tristão Nogueira, José Pedro Figueiredo e Francisco Ferreira.

Tem composto ou arranjado alguns temas para marchas populares e para escolas da região (Pampilhosa, Mealhada, Luso, Anadia e Cantanhede). Tem também alguns trabalhos para banda filarmónica já finalizados.

Integra pontualmente a formação Banda Fórum – Filarmónica Portuguesa, dirigida pelo Maestro Afonso Alves, tendo já atuado em vários locais, destacando-se a nobre Sala Suggia da Casa da Música do Porto, em 2009.

Em termos diretivos, foi secretário da Direção da Filarmónica Pampilhosense, entre 1998 e 2007, e Vice-Presidente da mesma Direção, no biénio 2009/2010.

É também um dos colaboradores do semanário Jornal da Mealhada.

Desde 2006 colabora com o Grupo Etnográfico de Pampilhosa (GEDEPA) na produção musical para peças de teatro e, desde 2011, na secção vocal e instrumental do seu grupo folclórico.

Desde o ano letivo de 2006/2007 participa no projeto das Atividades de Enriquecimento Curricular (Expressão Musical), proporcionado pela Câmara Municipal de Mealhada, nas escolas do 1.º Ciclo do Ensino Básico do Município.

É o diretor artístico da Filarmónica Pampilhosense desde o dia 27 de outubro de 2006. Em dezembro do mesmo ano, numa “prova de fogo” (tendo em conta o plano de ensaios naquele curto espaço de tempo), dirigiu a FP e o Grupo Coral Magister (Mealhada), num concerto de homenagem póstuma ao Maestro Manuel Lindo Pleno, no Cine-Teatro Messias, na Mealhada.

 

Contactos:

dvieirasaxman@hotmail.com

966028500

916851660

http://filarmonicapamp.no.sapo.pt

 

Topo

Siga-nos

Mailing List

Enter your e-mail address to receive our newsletter

Verifique que é humano

Por favor insira um email correcto.
Email address already subscribed. Continue if you wish to unsubscribe.
Subscribe
Unsubscribe

eCommerce by CubeCart